Fisioterapia domiciliar para
Doença de Alzheimer

Abaixo você encontra as principiais informações referente Doença de Alzheimer

O que é?

A Doença de Alzheimer ou Mal de Alzheimer é uma doença neurodegenerativa que afeta as pessoas idosas, provocando o declínio progressivo das funções intelectuais e também distúrbios afetivos e comportamentais. Interfere inicialmente na capacidade de memorização de fatos recentes, e com o avanço do quadro afeta as habilidades de aprendizado, atenção, linguagem e compreensão.

Mais Informações

Causas

As causas dessa degeneração ainda são desconhecidas, porém existem fatores de risco que devem ser analisados.

  • Histórico Familiar ? é comprovado que indivíduos com casos de Alzheimer presentes na família têm maior possibilidade de manifestar a doença.
  • Idade – pessoas idosas são as mais acometidas pela doença, com maior incidência a partir dos 65 anos. Após essa faixa etária, o risco de desenvolver a doença duplica a cada cinco anos.
  • Sexo – a predominância de ocorrência da doença ocorre em pessoas do sexo feminino. A partir dos 65 anos, este risco é de 12% a 19% nas mulheres e de 6% a 10% no sexo masculino.
  • Síndrome de Down – as pessoas portadoras da Síndrome de Down apresentam maiores chances de adquirir a doença precocemente.
  • Trauma Craniano – aqueles que já sofreram lesões no crânio podem estar mais propensos à doença.
  • Apolipoproteína E – pessoas onde essa proteína assume determinadas características genéticas apresentam maiores probabilidades de sofrer de Alzheimer.

Sintomas

Os sintomas do Mal de Alzheimer acontecem de forma gradativa, evoluem com o passar do tempo, dificultando o diagnóstico da doença. Em geral, os primeiros sintomas são menosprezados pelo portador e seus familiares, sendo geralmente associados ao envelhecimento. Com a evolução do quadro, sintomas mais expressivos começam a ser notados. Entre os principais destacamos:

  • Esquecimento de fatos recentes como onde guardou as chaves ou a carteira, a última refeição ou nomes de conhecidos.
  • Deixar tarefas pela metade como ir a um lugar e esquecer o motivo de ter ido, perder-se em caminhos que antes eram comuns, deixar luzes ou aparelhos ligados ao sair de casa.
  • Incapacidade de realizar mais de uma tarefa ao mesmo tempo.
  • Perda de capacidades mais complexas como planejamentos financeiros ou preparar uma refeição.
  • Dificuldade e lentidão para aprender novas tarefas.
  • Não reconhecimento de lugares.
  • Perda de habilidades básicas como se vestir, comer, andar, subir escadas, dificuldade de fala e reconhecimento de pessoas

Tratamento Fisioterapêutico para Mal de Alzheimer

O tratamento para o Mal de Alzheimer tem o objetivo de retardar a evolução dos sintomas e preservar por mais tempo possível as funções intelectuais dos portadores da doença. O tratamento fisioterapêutico busca diminuir o comprometimento funcional do indivíduo que sofre da doença, incentivando o paciente na realização de tarefas do dia a dia com o mínimo de ajuda possível.

Com foco na prevenção, a reabilitação deve tornar o indivíduo o mais ativo e independente possível, através do ganho de força, flexibilidade, equilíbrio e estado de alerta. As atividades propostas devem ser simples na execução, facilitando o entendimento do paciente e buscando incentivar a interação entre o paciente e os familiares.

Mais Informações

Aviso Importante

As informações disponibilizadas nestas páginas tem objetivos apenas informativos, não devendo, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico e tratamento médico. Os autores não se responsabilizam legalmente pela má utilização das informações aqui contidas.

Diferenciaisda Equipe

  • Agendamento em no máximo 24hs;
  • Profissionais com experiência mínima de 5 anos e título de Pós Graduação;
  • Atendimento humanizado e comprometimento com resultados;
  • Fornecemos equipamentos modernos e todos os recursos sem custo adicional!

Entre emContato