Fisioterapia domiciliar para
Câncer de Mama

Abaixo você encontra as principiais informações referente Câncer de Mama

O que é?

No Brasil em 2014 é esperado 57.120 casos novos de câncer de mama, com um risco estimado de 56,09 casos a cada 100 mil mulheres. Esse é o tipo de câncer mais frequente na região sudeste e nos últimos 40 anos. A sobrevida vem aumentando consideravelmente com diagnóstico precoce e o tratamento. O maior objetivo hoje não é somente a cura, mas, a qualidade de vida e o retorno dessas mulheres a suas atividades.

Mais Informações

Causas

  • História familiar: mãe ou irmã (parentesco de 1°grau) com histórico de câncer de mama antes dos 50 anos de idade;
  • Quanto maior a idade, maior o risco;
  • Menarca precoce (idade da primeira menstruação);
  • Primeira gravidez após os 30 anos;
  • Menarca precoce (idade da primeira menstruação);
  • Não ter filhos;
  • Não amamentar;
  • Uso prolongado de terapia de reposição hormonal (TRH), principalmente estrógeno e progesterona associados.
  • Uso de contraceptivos orais com dosagens elevadas de estrógeno por longo prazo e que usaram este medicamento em idade precoce;
  • Ingestão regular de álcool mesmo em quantidade moderada;
  • Exposição a radiações ionizantes em idade inferior a 35 anos;
  • Obesidade.

Sintomas

Os sintomas do câncer de mama palpável são o nódulo (caroço) ou tumor no seio, acompanhado ou não de dor na mama, este pode crescer lento ou rapidamente. Podem surgir alterações na pele que recobre a mama, como elevação ou retrações, mudança de cor ou um aspecto semelhante à casca de uma laranja, secreções no bico do seio, além de nódulos palpáveis na axila.

Tratamento Fisioterapêutico para Câncer de Mama

O tratamento para o câncer de mama, muitas vezes requer de procedimentos como cirurgia, radioterapia e quimioterapia, entre outros, e pode trazer como consequências complicações imediatas e/ou tardias para as pacientes. Tais complicações, muitas vezes reversíveis ou não, podem acarretar em diminuição de movimento, alta probabilidade de aparecimento de linfedemas (acúmulo do fluido linfático no tecido intersticial, o que causa inchaço, mais frequente em braços e pernas, quando os vasos linfáticos foram retirados ou prejudicados) e consequente dificuldades em realizar as atividades do dia-a-dia, de trabalho e lazer. Complicações estas que podem influenciar no aspecto estético, emocional e sócio-econômico da paciente.

Mais Informações

Aviso Importante

As informações disponibilizadas nestas páginas tem objetivos apenas informativos, não devendo, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico e tratamento médico. Os autores não se responsabilizam legalmente pela má utilização das informações aqui contidas.

Diferenciaisda Equipe

  • Agendamento em no máximo 24hs;
  • Profissionais com experiência mínima de 5 anos e título de Pós Graduação;
  • Atendimento humanizado e comprometimento com resultados;
  • Fornecemos equipamentos modernos e todos os recursos sem custo adicional!

Entre emContato